16 maio, 2006

Observação de 5 de Maio















Nesta noite de observação, que teve início no átrio da Escola Correia Mateus foi possivel localizar o planeta Marte e Saturno, situados perto da constelação de Gémeos e das suas estrelas principais Polux e Castor.
Na mesma altura a nascente, era observavél Jupiter e a poente a estrela mais brilhante do hemisfério norte, Sirios, na constelação do Cão Maior.
Sempre presente esteve a Lua, nesta noite de observação, encontrando-se na constelação do Leão, não muito longe da estrela de 1ª grandeza Régulo.
Já no Ponto Novo e com um céu muito mais escuro, foi possivel "saltar" de constelação para constelação, sendo de realçar a constelação do Cocheiro, com uma estrela de 1ª grandeza, Capela, não muito longe de Marte, e a constelação do Boeiro cuja estrela principal é Arcturo, também de 1ª grandeza.
Depois de localizadas as constelações "mais fáceis" consegue-se passar para as menos visiveis, com a ajuda de uma carta e uns binóculos, observei a Cabeleira de Berenice, um enxame de estrelas muito bonito com binóculos.
Com um telescópio refractor, foi possivel observar para além de Jupiter e quatro dos seus satelites, os aneis de Saturno, Marte e a nebulosa do Anel na constelação de Lira.

Sem comentários: