27 março, 2010

Dia Mundial do Teatro

Recordemos a data com um post roubado ao Blog De Rerum Natura:



Hoje, Dia Mundial do Teatro, deixamos um excerto da "Vida de Galileu" de Bertold Brecht, representada pelo Teatro Wilma de Filadélfia, EUA, na parte em que Galileu mostra a sagredo as descobertas que fez com o telescópio e que foram anunciadas há precisamente 400 anos.

No final do excerto:

Galileu - Claro. E agora estamos a ver. Não pare de olhar, Sagredo. O que você vê é que não há nenhuma diferença entre céu e terra. Hoje, 10 de Janeiro de 1610, a humanidade regista no seu diário: aboliu-se o céu.

Não esquecer de adiantar o relógio logo à noite...

Mudança de hora
Relógios vão ser adiantados na próxima madrugada

Os relógios vão adiantar-se 60 minutos quando marcarem 01.00 horas neste domingo em Portugal Continental e na Madeira

Os relógios vão adiantar-se 60 minutos quando marcarem 01.00 horas neste domingo em Portugal Continental e na Madeira. Nos Açores, a mudança ocorre pelas 00h00, para que o país, tal como a comunidade europeia, entre na hora de verão.

Rui Agostinho, director do Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), explicou que a hora de Verão passou a ser decidida a nível da União Europeia, ao contrário do horário de Inverno, que continua na competência de cada Estado.

Para definir o melhor horário e para que se cumpra a sequência do dia e da noite - porque a “actividade humana está extremamente dependente desse ciclo” - existe um órgão consultivo do Governo: a Comissão Permanente da Hora. Esta instituição é liderada pelo OAL e a sua última reunião foi há dois anos para dar o parecer sobre se a hora de Verão deveria continuar a vigorar.

Apesar de aos negócios e a quem investe nas bolsas internacionais desse mais jeito regressar à hora+1, Rui Agostinho diz que “para já” não têm existido pressões para essa redefinição, que, segundo vários relatórios, teve mais impactos negativos. “Na prática as pessoas vão atrás da luz solar”, resumiu.

O mesmo responsável sublinhou que o sismo que assolou o Chile em Fevereiro deixou inalterada a hora porque a rotação do planeta não foi afectada de “maneira mensurável”, como tinha sido avançado pela NASA através de modelos teóricos.

A ocorrer mudanças, serão apenas notadas dentro de “algumas dezenas de anos” com a acumulação de dados comprováveis que ultrapassem a taxa de erro. No entanto, o presidente do OAL sublinhou que em Ciência é “tão importante provar que se acertou, como que não se acertou”, já que apenas assim se percebe se os modelos estão correctos.

20 março, 2010

Música para celebrar o Equinócio da Primavera



Here Comes The Sun

Here comes the sun, here comes the sun,
and I say it's all right

Little darling, it's been a long cold lonely winter
Little darling, it feels like years since it's been here
Here comes the sun, here comes the sun
and I say it's all right

Little darling, the smiles returning to the faces
Little darling, it seems like years since it's been here
Here comes the sun, here comes the sun
and I say it's all right

Sun, sun, sun, here it comes...
Sun, sun, sun, here it comes...
Sun, sun, sun, here it comes...
Sun, sun, sun, here it comes...
Sun, sun, sun, here it comes...

Little darling, I feel that ice is slowly melting
Little darling, it seems like years since it's been clear
Here comes the sun, here comes the sun,
and I say it's all right
It's all right

13 março, 2010

Geologia de Leiria: um percurso pela cidade

Do Blog Geopedrados roubámos o seguinte post:

Os docentes da Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo (vulgo antigo Liceu de Leiria) vão fazer uma saída de campo com o Doutor Jorge Dinis (Universidade de Coimbra) semelhante à que foi feita em Agosto no âmbito da Ciência Viva no Verão - ver mais pormenores AQUI, AQUI, AQUI e AQUI. Esta será entre as 09.30 e 16.00 horas do sábado, dia 20.03.2010, em Leiria.

São aceites inscrições até 18 de Março através do e-mail gr520esfrl@gmail.com.

(clicar para aumentar)

11 março, 2010

Observação astronómica na Barosa




Vai realizar-se amanhã (12.03.2010 - 6ª-feira) uma Observação Astronómica na Barosa, junto à Escola do 1º Ciclo (ver mapa interactivo no fundo deste post), decorrendo entre as 21.00 e as 24.00 horas ou enquanto houver clientes. Para saber mais consultar o seguinte FICHEIRO.

A entrada é livre, podendo cada um trazer o seu material de observação, comida e vontade de aprender...!


Ver mapa maior

06 março, 2010

8º Encontro de Astrónomos Amadores

A APAA (Associação Portuguesa de Astrónomos Amadores) organiza o 8º Encontro de Astrónomos Amadores que decorrerá nas instalações do Colégio Militar (anfiteatro) em Lisboa no dia 8 de Maio de 2010.

TEMA - Astronomia de Amadores em Portugal (aspectos observacionais e instrumentais)

OBJECTIVOS
Reunir os astrónomos amadores portugueses e promover o intercâmbio de ideias e troca de experiências acumuladas.

O 8º Encontro de Astrónomos Amadores será constituído por comunicações sobre astronomia de amadores seguidas de debate e por “Workshops”. Serão igualmente realizadas sessões de demonstração de material utilizado pelos astrónomos amadores (e.g. instrumentos de observação, equipamento, software, etc). Há condições adequadas para que, paralelamente às palestras decorram observações solares, demonstrações de equipamento, etc. Existem amplos espaços exteriores ao anfiteatro (dentro das Instalações do Colégio Militar), adequados para estas actividades.

Durante o encontro estarão representadas no local firmas revendedoras de material de observação (telescópios e acessórios).

PROGRAMA

8 de Maio de 2010 (Sábado)

09.00 - 10.00 horas: recepção dos participantes
10.00 horas: Sessão de Abertura
10.30 -11.30 horas: Palestras
11.30 – 12.00 horas: Pausa para Café
12.00 – 13.00 horas: Palestras
13.00 – 15.00 horas: Almoço
15.00 - 17.00 horas: Palestras


Temas
  • Luís Santo - Optimização de setups portáteis
  • Guilherme de Almeida - As montagens equatoriais e o seu alinhamento
  • João Leal e Silva – Novas tecnologias (Astronomia de Amadores)
  • Pedro Ré - Observatórios de Astrónomos Amadores Portugueses
  • Pedro Ré – Técnicas de observação do Sol


Almoço:
Existe a possibilidade de almoçar (apenas no Sábado) no refeitório do Colégio Militar mediante inscrição prévia (pagamento efectuado no local).
Inscrição Prévia:
Agradece-se a INSCRIÇÃO PRÉVIA para que se possa contratar o serviço de "catering".
Envie um e-mail ( info@apaa.co.pt) com o assunto "EAA almoço" ou apenas "EAA presença" se não tenciona almoçar.

Estacionamento:
É possível estacionar no recinto do Colégio Militar (cerca de 300 vagas) mediante inscrição prévia enviando a matrícula por e-mail

(clicar para aumentar)

Imagens do local:

03 março, 2010

Os estranhos estragos do Sismo do Chile


Cálculos mostram que também tornou os dias mais curtos
Sismo do Chile desviou o eixo da Terra
02.03.2010 - 16:21 Por PÚBLICO

O sismo de 27 de Fevereiro no Chile que matou mais de 700 pessoas terá feito os dias na Terra mais curtos – embora imperceptivelmente, apenas 1,26 milionésimos de segundo mais curtos. Mas o eixo de rotação do planeta ter-se-á deslocado cerca de oito centímetros, em resultado do abalo de magnitude 8,8 na escala de Richter.

Estes cálculos são produto de um modelo informático usado pelo geofísico do Laboratório de Propulsão a Jacto da NASA Richard Gross. E não são algo inédito, que apenas tenha acontecido com este tremor de terra: estes efeitos acontecem quando se verificam grandes deslocações de massa no planeta.

Por exemplo, no terramoto de 9,1 na escala de Richter de Sumatra e no tsunami do Sudoeste Asiático que se lhe seguiu, a 26 de Dezembro de 2004, o dia terá diminuído 6,8 milionésimos de segundo e o eixo da Terra (a linha imaginária em torno do qual a Terra roda sobre si própria) ter-se-á deslocado sete centímetros.

Fala-se sempre no condicional porque é difícil verificar experimentalmente estas previsões feitas através de cálculos computadorizados. As mudanças são demasiado pequenas para serem detectadas em termos físicos, sublinhou Richard Gross ao site Bloomberg News.

Mas se são pequenas, as alterações são também permanentes, comentou ao Bloomberg Benjamin Fong Chao, reitor da Faculdade de Ciências da terra da Universidade Nacional central de Taiwan. “Esta pequena contribuição fica enterrada em mudanças mais vastas devido a outras causas, como o movimento de massas atmosféricas à volta da Terra”, explicou.

E por que é que o sismo do Chile, tendo uma magnitude mais reduzida que o de Sumatra, deslocou o eixo em oito centímetros, enquanto o de Sumatra se ficou por sete? “Primeiro, o de Sumatra localizou-se perto do Equador, e o do Chile numa latitude média, o que o torna mais eficiente a desviar o eixo da Terra”, diz o comunicado da NASA que dá a conhecer os resultados de Gross. “Em segundo lugar, a falha [geológica] responsável pelo sismo de 2010 mergulha na Terra num ângulo mais agudo do que o de 2004. Isto faz com que a falha do Chile seja mais eficaz a mover a massa da Terra verticalmente e, assim, a desviar o eixo da Terra.”

02 março, 2010

Actividade com alunos de 1º Ciclo da Várzea - Leiria

Como já faço desde há três anos, fui, na passada terça-feira, dia 23.02.2010, à Escola de 1º Ciclo da Várzea (que se situa na freguesia leiriense do Arrabal e faz parte do meu Agrupamento de Escolas Dr. Correia Mateus) para realizar uma actividade sobre Geologia com os alunos dos quatro anos. Deu para mostrar o material de campo de geólogo, fazer várias apresentações em ecrã gigante sobre Geologia, mas, o mais importante (a saída de campo) não deu para fazer, pois com a chuva que caía era impossível sair...

Assim fiquei de voltar e acabei por mostrar mais umas apresentações sobre Astronomia (e umas brincadeiras, em html, sobre peso e idade noutros planetas) e ver um magnífico trabalho dos alunos (um puzzle gigante) sobre o Sistema Solar...!

Aqui ficam algumas imagens da actividade:












Nota: acho importante que haja este tipo de actividades e que os Agrupamentos de Escolas funcionem efectivamente - os meus agradecimentos aos colegas da Escola da Várzea, em particular ao Luís Mourão, por me proporcionarem estes momentos tão proveitosos (sim, que este ano ainda terão de me aturar mais duas vezes...).