17 dezembro, 2010

Prendas de Natal científicas

Post conjunto dos Blogues AstroLeiria e Geopedrados:

Como noutros anos, este blog sugere algumas prendinhas de cariz científico, baratas e acessíveis na cadeia Lidl:


  • Ocular de 70 mm;
  • Buscador 6x25;
  • 3 oculares (20/12/4 mm) para observação de estrelas, galáxias, lua ou planetas;
  • Inclui: software Astro, manual de instruções e tripé em alumínio regulável em altura.
NOTA: Este artigo só está disponível nos seguintes distritos: Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Viseu (exceto concelho de Lamego), Leiria, Portalegre, Santarém e concelhos de Anadia, Águeda, Estarreja, Esgueira, Mealhada, Oliveira do Bairro, Verdemilho e Vagos; Lisboa; Beja, Évora, Faro, Setúbal.


2. Microscópio Escolar Bresser  (59 euros) 


  • 3 objectivas rotativas de elevada qualidade (4x, 10x e 40x);
  • Lente de Barlow e 2 oculares de ângulo de visão largo (5x/16x);
  • Possibilidade de iluminação LED;
  • Ocular para ligação ao PC através de USB e software;
  • Com mais acessórios.

3. Binóculos Rocktrail (19,99 euros) 


  • Reprodução de imagem nítida e de grande contraste;
  • Campo de visão de 60 m de largura e 1000 m de distância;
  • Prisma de vidro BK7 de alta qualidade;
  • Distância interocular regulável de 59-73 mm.

ADENDA: os artigos 1 e 2 já foram por nós testados, quanto ao terceiro, ainda não pudemos experimentar mas temos a certeza de que o Lidl o terá experimentado...

2 comentários:

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá, vim deixar um carinho de amiga, com abraços de paz, beijos no teu coração.♥

Olavo Bilac

Natal


Jesus nasceu. Na abóbada infinita
Soam cânticos vivos de alegria;
E toda a vida universal palpita
Dentro daquela pobre estrebaria...

Não houve sedas, nem cetins, nem rendas
No berço humilde em que nasceu Jesus...
Mas os pobres trouxeram oferendas
Para quem tinha de morrer na cruz.

Sobre a palha, risonho, e iluminado
Pelo luar dos olhos de Maria,
Vede o Menino-Deus, que está cercado
Dos animais da pobre estrebaria.

Não nasceu entre pompas reluzentes;
Na humildade e na paz deste lugar,
Assim que abriu os olhos inocentes
Foi para os pobres seu primeiro olhar.

No entanto, os reis da terra, pecadores,
Seguindo a estrela que ao presepe os guia,
Vem cobrir de perfumes e de flores
O chão daquela pobre estrebaria.

Sobem hinos de amor ao céu profundo;
Homens, Jesus nasceu! Natal! Natal!
Sobre esta palha está quem salva o mundo,
Quem ama os fracos, quem perdoa o mal,

Natal! Natal! Em toda a natureza
Há sorrisos e cantos, neste dia...
Salve Deus da humildade e da pobreza
Nascido numa pobre estrebaria.

FELIZ NATAL!

Pedro Luna disse...

Cara amiga:

Os nossos agradecimentos pelo bonito poema natalício do grande poeta Bilac...