09 maio, 2006

Peça teatral sobre Galileu

Do Blog Sorumbático retiramos um pedaço de um post escrito pelo astrónomo Nuno Crato, adaptado de um texto seu publicado no Expresso.


ESTREIA EM LISBOA UMA PEÇA SOBRE O DRAMA DE UM CIENTISTA E SOBRE UM CONFRONTO QUE AINDA HOJE CONTINUA A SER POLÉMICO

TEMOS agora oportunidade de ver no palco uma das mais míticas peças da história do teatro moderno. É a «Vida de Galileu», de Brecht, habitualmente referida apenas como «Galileu». É uma peça que sofreu mutações drásticas na pena e nas intenções do próprio autor, e que teve de esperar pelo 25 de Abril para poder ser vista em Portugal.

A primeira versão portuguesa do texto foi assinada por Yvette Centeno e publicada em 1970 pela Portugália Editora. Para chegar aos palcos portugueses, contudo, a peça teve de esperar pelo 25 de Abril. Apareceu brevemente em Lisboa, em Abril de 1975, pelas mãos de uma companhia brasileira. Era «a peça do século», segundo anunciava o «Diário de Notícias». Onze anos depois, o Teatro Experimental de Cascais voltava a representá-la. Mais recentemente, em 1998, cenas escolhidas estiveram em palco na Universidade do Porto e, em 2005, de novo uma selecção de cenas esteve no Teatro Gil Vicente, em Coimbra, de onde partiu para representações limitadas em Aveiro, Castelo Branco e Lisboa.

Sem comentários: