02 agosto, 2008

Uma gota no oceano (raros são os casos em que há queixa)

Professores e auxiliares são as principais vítimas
Ministério Público registou 57 casos de violência nas escolas de Lisboa desde o início do ano
02.08.2008 - 13h48 PÚBLICO

Nos primeiros seis meses do ano, o Ministério Público registou 57 casos de violência nas escolas de Lisboa, avança hoje o “Correio da Manhã”, citando dados oficiais divulgados pela Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa. As principais vítimas são professores e auxiliares, agredidos por encarregados de educação.

Dos 57 casos – o que corresponde a uma média de duas agressões por semana - 34 ocorreram nos primeiros três meses. A incidência foi maior em Almada, com 21 casos.

Estes dados são o primeiro balanço oficial sobre violência no meio escolar, resultado da Lei de Política Criminal que entrou em Janeiro em vigor. Mas até ao momento só são públicos os dados do distrito judicial de Lisboa.


in Público - ler notícia

Sem comentários: